Wednesday, April 18, 2018

Esta vida de marinheiro...


Desde os tempos das caravelas que os marinheiros portugueses são conhecidos por uma certa capacidade de relacionamento com outras gentes de outros mares e costumes. Nos tempos idos dos nossos impérios marítimos terá ficado muita descendência de genes lusos por esse mar largo. A tradição nunca se perdeu completamente e volta e meia recebo pedidos de ajuda de desconhecidos no estrangeiro à procura de um pai português que nem sabe que foi pai em determinado momento. Os pedidos mais frequentes estão relacionados com  tripulantes da antiga frota branca, e vêm do Canadá ou da Gronelândia, mas hoje fui contactado por alguém dos Estados Unidos à procura de um determinado oficial de um dos navios de carga e passageiros da Companhia de Navegação Carregadores Açoreanos, que na década de 1960 frequentavam com regularidade os portos dos Estados Unidos. Há um nome de um oficial, o navio, o mês e o ano. E ao que parece, há um filho desconhecido. Quem sabe se consigo juntar os dois?

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, April 17, 2018

Palestra do Cte. Rodrigues Pereira no Museu de Marinha

Sábado dia 21 de Abril, palestra a não perder, no Museu de Marinha, promovida pelo respectivo Grupo de Amigos, proferida pelo Comandante Rodrigues Pereira, ilustre antigo Director do Museu de Marinha e especialista na nossa história marítima.

O tema será a Descoberta do Porto Santo, há 600 anos, em mais uma conversa informal.



Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, April 11, 2018

United States Lines S.S. LEVIATHAN

Poster com o paquete norte americano LEVIATHAN. Há imagens que nos fazem sonhar...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Subir à Torre...

Já subi a esta torre, localizada junto ao estaleiro da Mitrena construido para a SETENAVE e hoje explorado pela LISNAVE.
Subi a esta torre nos últimos tempos da SOPONATA, para fotografar um navio-tanque da ESSO em manobra de atracação. Talvez há mais de 15 anos.
Gosto das alturas, de subir a mastros, guindastes, e por aí... E depois registo a paisagem e a navegação em fotografias, pois claro. 
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, April 07, 2018

O FEDERICO C e o bacalhoeiro


Desde que me conheço que me fascinam as imagens do Tejo com navios. Se forem a preto e branco, melhor. Se as conseguir datar e identificar todos os figurantes com proa e popa, melhor ainda. Esta imagem poderá ser de 1958 ou posterior, provavelmente final da década de 1950 ou início da seguinte. Tanto o paquete italiano FEDERICO C que se destaca com as suas linhas elegantes e dimensão, como o navio de carga e passageiros português AÇORES, que se distingue atracado à muralha sul da Doca de Alcântara, datam de 1958. O bacalhoeiro é português, mas não sei o nome. Parece um dos navios construídos de madeira logo a seguir à segunda grande guerra. Quem ajuda a identificar esta beleza? Na imagem distingue-se ainda um dos praias da Sociedade Geral, o PRAIA DA ADRAGA ou o PRAIA GRANDE, e um navio-tanque estrangeiro fundeado em lastro. Fotografia original de N. de Gröer, colecção LMC.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, March 29, 2018

Vida do Mar

O Comandante Guilherme Couvreur D'Oliveira foi um distintíssimo Capitão da Marinha Mercante com longa carreira iniciada como Praticante no velho FUNCHAL em 1905 e desenvolvida em décadas de embarques nos navios da Nacional.
O Cte. Oliveira teve o mérito de, para além de versado em navegações e navios, ter sido escritor, com diversos livros publicados que ainda hoje são um primor.
O livro «Vida do Mar» foi publicado em Lisboa em 1935 e a sua leitura proporciona-me neste momento, um prazer enorme. Aqui fica uma pequena história, reproduzida das páginas 100 e 101 do livro referido acima:

«Uma vez em Luanda levaram-me a uma caçada em automóvel, munido dum farol eléctrico para encandear as feras.
Fui porque não gosto de desmanchar prazeres, mas confesso, caçar não é sport da minha predilecção.
Noite alta, estrada arenosa e o automóvel a correr para chegar a um sitio onde costumam aparecer os bichos que só gosto de ver em parques apropriados.
E finalmente a meio da estrada uns olhos reluziram; pôs-se o holofote a trabalhar, os caçadores saíram do carro, uma descarga atroou os ares, balas de bom calibre assobiaram...
E depois, nervosos, impacientes, lá foram pé ante pé à procura do leão, cuja passagem por aqueles sítios já fora assinalada uns dias antes.
Uma gata, prestes a ser mãe, jazia no chão desfeita em sangue...»
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, March 20, 2018

Palestra LMC em Lisboa


Caros Amigos, Leitores e Visitantes, tenho muito gosto em vos convidar para a palestra que vou proferir em Lisboa na próxima Quinta-feira, conforme imagem acima.

Basicamente vou fazer um passeio partilhado sobre os encantos de Lisboa e do Tejo com os seus cais e os navios...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, March 17, 2018

LEÃO HOLANDÊS

O LEÃO HOLANDÊS é talvez o veleiro que há mais tempo se dedica a passeios turísticos em Lisboa. Aqui fotografado a 15 de Maio de 2006, já lá vão uns anos, mas o LEÃO continua em forma e ainda há dias o fotografei novamente.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, March 14, 2018

Os Templários, Portugal e o Mar

Os Templários, Portugal e o Mar são tema da próxima conversa informal organizada pelo Grupo de Amigos do Museu de Marinha, este Sábado, 17 de Março, pelas 11H00, no Museu de Marinha, em Lisboa.

 A não perder.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, March 13, 2018

Era uma vez um grande paquete


Era uma vez um grande navio de passageiros que era o orgulho de toda a gente. Imponente, altivo e muito elegante, o antigo paquete português INFANTE DOM HENRIQUE era, quando entrou ao serviço em 1961, um navio ultra-moderno de grande categoria. Nesses tempos, havia um Menino de 5 anos que desejava crescer e vir a ser Comandante deste navio de sonho. Crescer, cresceu, e chegou até a ir para a Escola Náutica, mas já não chegou lá a tempo, o INFANTE só navegou uns escassos 14 anos com o nome original. Parou  em Janeiro de 1976 e só voltou a embarcar passageiros em Novembro de 1988, com o nome VASCO DA GAMA. De qualquer forma, o Menino cresceu e até se despediu deste Paquete de Sonho no ano 2000, quando fez um dos últimos cruzeiros do navio pelo Mediterrâneo, já o INFANTE se chamava SEAWIND CROWN.
Fotografia do paquete INFANTE DOM HENRIQUE tirada a 7 de Fevereiro de 1961, durante as primeiras provas de mar, restantes imagens relativas a publicidade no Diário de Lisboa, Setembro de 1961.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia


Monday, March 05, 2018

No último cruzeiro do FUNCHAL

Há dias em que apetece voltar a navegar no navio de passageiros mais bonito do mundo. A 29 de Dezembro de 2014 anoiteceu assim a bordo, em plena navegação no Atlântico, 350 milhas a SW de Lisboa, com rumo a um ano novo.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Memórias dos Fragateiros


Conforme anunciado, decorreu este Sábado, dia 3 de Março de 2018, mais um encontro de antigos Fragateiros em modo de partilha de memórias, por iniciativa da Marinha do Tejo. Uma genuína manifestação de cultura marítima e fluvial popular da Lisboa de outros tempos, na Sociedade de Geografia de Lisboa. 

A sensação de quem assistiu ao evento materializa-se na palavra encanto. Histórias deliciosas e exemplares, recordando tempos difíceis, em que o trabalho infantil era a regra para início de carreira. Carreiras feitas no Tejo, a bordo de embarcações tradicionais, como em unidades de tráfego local - recordou-se o navio-tanque MOBIL TEJO, por exemplo, descreveram-se as aventuras e desventuras dos moços a bordo das fragatas e varinos, em regime de quase escravatura e tantas histórias, como aquela de um candidato a moço com 13 anos, para poder embarcar e obter a necessária matrícula na Capitania (Delegação Marítima do Barreiro no caso) ter tido de oferecer um casal de coelhos vivos a determinado Cabo-do-Mar para que a pretensão do futuro marinheiro tivesse o desfecho esperado. Já então éramos um País de cunhas e pedidos. 
Valeu a pena ter ido ouvir as Memórias dos Fragateiros. 
 
 
  
 
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia




Tuesday, February 27, 2018

Memória dos Fragateiros na Sociedade de Geografia dia 3 de Março de 2018

É já este Sábado, dia 3 de Março na Sociedade de Geografia de Lisboa, pelas 10 da manhã, que se realiza mais uma edição de Memórias de Fragateiros, a tradicional manifestação cultural com que a Marinha do Tejo abre o programa anual. Este ano com comunicações de elementos da Marinha do Tejo de Paço D'Árcos, Moita, Seixal, Sarilhos Pequenos e Gaio. A não perder.
Texto e imagem /Text and image copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, February 23, 2018

Um navio é um Mundo...


Um navio é um Mundo absolutamente surpreendente, feito de mil elementos e efeitos da arquitectura naval e das pessoas que dão alma ao navio. Imagens a bordo de navios e passageiros...



Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 

Thursday, February 15, 2018

Marinha Mercante em 1961


Um olhar sobre a nossa Marinha Mercante em 1961, ano marcante nos anais históricos dessa actividade marítima na altura tida como de importância estratégica e hoje relegada para a indiferença mais absurda. Um privilégio de quem investiga a história a seu belo prazer baseado nas memórias antigas e em tudo o que lhes acrescente alguma coisa e permita formatar um livro com muitos navios e palavras e fotografias quanto baste. 
É assim que acabo a recuar no tempo, prolongando a viagem que nesse ano de 1961 fiz no SANTA MARIA e que tanto marcou a minha imaginação de menino. 

O ano de 1961 foi recheado de eventos protagonizados pelos nossos navios de comércio. Logo no início, a 22 de Janeiro, a ignomínia do assalto ao SANTA MARIA, o assassinato de um dos seus oficiais. Mais trágico mas menos recordado, o incêndio e a explosão do SAVE em Moçambique, em Julho, com centenas de vidas perdidas, para além do pequeno paquete perdido também. 
O ano de 1961 marca o fim da carreira da América do Sul e das viagens de sonho do VERA CRUZ, verdadeira estrela das ligações Europa - Brasil durante nove anos brilhantes. Segue-se na vida do VERA CRUZ uma nova rotina, tida por grande serviço à nação, como transporte de tropas e material de guerra, serão 90 fretamentos ao Ministério do Exército até 1972.
Os acontecimentos em Angola, aparentemente precipitados com o assalto ao SANTA MARIA, geraram nesse ano um enorme fluxo de passageiros de regresso à Metrópole, milhares de mulheres e crianças, numa das viagens Luanda - Lisboa, o VERA CRUZ trouxe quase 1800 passageiros. Todos os navios excediam largamente as lotações oficiais, até os cargueiros traziam passageiros às dezenas.
Nesse mesmo ano de 1961 entram ao serviço os três grandes paquetes finais, o PRÍNCIPE PERFEITO, o INFANTE DOM HENRIQUE e o FUNCHAL, qualquer deles ao nível do melhor que havia nas classes respectivas.
Fascinante olhar a história, descobrir-lhe novos recortes, interpretar isto e aquilo com uma lógica nova. Era um mundo que entretanto desapareceu. O facto de desde muito novo me ter interessado pelos navios e a Marinha Mercante, e ter conhecido praticamente todos esses protagonistas fantásticos dessa nossa última aventura marítima proporcionou-me uma espécie de sexto sentido no que toca à investigação. Um prazer,  investigar, escrever e depois partilhar os conhecimentos com quem se interesse também...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, February 14, 2018

Dia 21 no COMM: Futurologia marítima


SAGRES - testemunho de um antigo Comandante

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, February 06, 2018

Um barco, cinco gaivotas, dez pessoas


Um barco, cinco gaivotas, dez pessoas com um velho cais em primeiro plano e o Tejo ao fundo. O barco é do Barreiro e tem nome, o do escritor Miguel Torga, as gaivotas terão nome ou não, quem saberá ao certo? As pessoas terão certamente mas eu não sei que nomes lhe terão posto os pais, os amigos, os colegas, quem não os grame, que há de tudo neste mundo de terra, céu e rio.

O catamarã MIGUEL TORGA vai de partida para mais uma travessia até ao Barreiro. Foi construído para isso mesmo, em Singapura, para a Soflusa, que parece não dar conta do recado e não anda a cumprir os horários, para irritação dos utentes. Não há barcos operacionais suficientes, vendeu-se o AUGUSTO GIL para a Coreia do Sul no tempo das vacas magras e consulado estrangeiro, não que as vacas tenham engordado, mas passou a fase da ratice mais violenta. Os cortes cegos e as falsas economias aplicados ao Grupo Transtejo nos últimos anos deram na situação actual. Precisa-se de nova frota fluvial e de melhor gestão dos recursos públicos. Os cacilheiros e os catamarãs continuam simpáticos a animar o Tejo, mas não há milagres, apenas incúria e incapacidades diversas. Muito mau.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, February 03, 2018

Parque das Nações - Matinha


Há vinte anos preparava-se em Lisboa a EXPO 98 com a renovação total da zona portuária de Cabo Ruivo, com o terminal petrolífero a dar lugar a um novo cais e a zona a ser totalmente reformulada. Passada a euforia decorrente do sucesso inequívoco da EXPO, nasceu e afirmou-se uma nova cidade - o Parque das Nações - com    uma enorme abertura face ao Tejo. Esta imagem, registada a 30 de Dezembro de 2017, mostra um pormenor da Marina do Parque das Nações com a ponte-cais da Matinha em pano de fundo, onde se destacam os navios de passageiros clássicos FUNCHAL e PORTO, imobilizados e a aguardar venda.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, January 25, 2018

Desmaritimização Nacional


Desmaritimização: mais de quarenta anos de árdua desconstrução marítima. Mas terá valido a pena acabar com essa aberração que era Portugal dispor de uma Marinha Mercante com frota própria e tudo. Vendeu-se e abateu-se muito, deixou-se afundar o resto, como ilustra a imagem, de 2008, no cais do Poço do Bispo onde durante anos o paquete PONTA DELGADA agonizou até se afundar. E depois venham falar de mar: não há mar sem navios...

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, January 24, 2018

Batelão ROTA


Batelão ROTA fotografado a 22 de Janeiro de 2018 atracado na Doca do Poço do Bispo. Um de quatro batelões idênticos, todos construídos em Viana do Castelo para a antiga empresa pública SOCARMAR, a qual acabou integrada no Grupo ETE.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, January 13, 2018

AMÁLIA RODRIGUES no VERA CRUZ


O paquete VERA CRUZ largou de Lisboa para os portos do Brasil em mais uma das suas viagens regulares a 22 de Setembro de 1959, com a lotação completa, 1200 passageiros.  
Uma das últimas passageiras a chegar ao cais da Rocha para embarcar foi Amália Rodrigues, que tinha no cais amigos, família e uma legião de admiradores, como o Diário de Lisboa refere na sua edição de 22-09-1959. Viajou no camarote 36, em Primeira classe.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho, se descarregar imagens para uso pessoal sugere-se que contribua para a manutenção deste espaço fazendo um donativo via Paypal, sugerindo-se €1,00 por imagem retirada. Utilização comercial ou para fins lucrativos não permitida (ver coluna ao lado) / No piracy, please. If photos are downloaded for personal use we suggest that a small contribution via Paypal (€1,00 per image or more). Photos downloaded for commercial or other profit making uses are not allowed. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia